Viajando com criança – nosso manual de sobrevivência

Bernardo e Maria Júlia estão com 3 e 5 anos, respectivamente, e o Canadá foi a terceira viagem que fizemos com os dois juntos. Antes, viajamos com o Bê três vezes.

WhatsApp Image 2019-04-14 at 13.00.38

 

Roteiro/duração da viagem

É fundamental ter um roteiro flexível e confortável, mesmo que isso signifique abrir mão de algumas atrações. Imprevistos são mais comuns quando se está com crianças, então é importante ter folgas na programação, principalmente se a viagem é para um lugar frio. E os dias acabam sendo mais curtos… A gente costuma sair de casa às 11h e retorna às 19h, mais ou menos.

Passagens

Crianças até 2 anos não pagam se forem no colo. Quer dizer, pagam apenas as taxas. Algumas companhias disponibilizam assentos na frente, com mais espaço. A Ibéria até botou um bercinho preso à parede do avião, quando Bê tinha 1 ano. Foi bem útil.
A partir de 2 anos, as crianças pagam 70% da passagem.

Hospedagem

Desde que Majú nasceu, optamos por alugar apartamento (usamos AirBnB ). Não só pela facilidade de ter cozinha, mas pela questão de espaço mesmo. Elas gostam/precisam brincar. Seria bem difícil ficar em quarto de hotel.

Refeições

Essa é a parte mais estressante, na minha opinião. Para minimizar problemas, a gente costuma dar café da manhã reforçado em casa. Almoça na rua, entre 13h e 14h30 (é o máximo que as crianças aguentam), lancha na rua e compra um peixe ou carne para jantar em casa.

Ao chegar na cidade, sempre vamos no mercado e compramos arroz, macarrão, ovos, leite e frutas.

Nem sempre é possível achar legumes/verduras nos restaurantes… A gente desencana e prioriza garantir uma proteína e um carboidrato.

Remédios

Leve de casa, não deixe para comprar quando chegar a seu destino. Consulte a pediatra. Aqui em casa levamos:

Remédios de antroposofia (tipo homeopatia)
Abrilar
Decongex
Novalgina e Alivium
Allegra
Hixizine
Soro fisiológico – uma garrafa de 500ml por semana + soro em jato
Aparelho de nebulização

Sempre na bolsa de mão
Fralda (se ainda usar)
Lenço umedecido – muito útil, mesmo se a criança não usar mais fralda
Protetor de assento – uma opção é usar lenço umedecido
Roupas extras – se for inverno, não esqueça luvas e gorros
Um brinquedinho – muito útil, acredite…
Fruta ou biscoito

Carrinho
A viagem ao Canadá foi a primeira que não levamos carrinho. As crianças cansavam muito, tínhamos de carregá-las no colo…baita peso! Por outro lado, o carrinho é um certo trambolho… Tem que avaliar caso a caso…

Desfralde
Se seu filho iniciou o desfralde, é preciso levar muita roupa extra, pois provavelmente vai rolar escape. Bê e Majú estão desfraldados, mas mesmo assim houve duas vezes. Dica: sempre que parar para comer ou beber algo, leve a criança ao banheiro. Sempre, mesmo que ela não queira. Diga que você quer fazer xixi e a leve junto.

Viagens do Bernardo:
Recife, no verão – com 5 meses
Uruguai, no inverno – com 1 ano
Portugal e Espanha, no inverno – com 1 ano e 7 meses (Gabi estava grávida da Majú)

Viagens de Bernardo e Maria Júlia
Argentina, no verão – Bê com 3a7meses, Majú com 3a7meses
Nova York, no inverno – Bê com 4a7meses, Majú com 2a7meses
Toronto, no inverno – Bê com 5a7meses, Majú com 3a7meses

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s